sexta-feira, janeiro 22, 2010

Confira a entrevista que Stallone deu à FHM

Sylvester Stallone

No início do mês, Sylvester Stallone (foto acima) deu uma entrevista à revista FHM. Nela, o ator revelou que sofreu uma lesão no pescoço durante as gravações de Os Mercenários (The Expendables). Porém, o astro não falou apenas sobre isso. Stallone também conversou sobre Rocky Balboa e revelou curiosidades, como a sua cena favorita da série, Mike Tyson como adversário, Dolph Lundgren e Carl Weathers (Apollo Creed), Rambo V e o fato dele ter sido convidado para estrelar O Poderoso Chefão III. Confira abaixo os melhores trechos desta entrevista selecionados pelo StalloneBrasil.

Dos seis filmes do Rocky que você fez, qual é a sua cena favorita?

No primeiro Rocky, ele fica ao lado da Adrian e diz: "Eu não posso vencer". Mas os produtores se recusaram a filmar isso. Para mim, essa cena resumia tudo o que Rocky tratava. Então, quando eles disseram que não, eu tive que beber uma garrafa inteira de vinho barato, só para me acalmar. Eles finalmente (...), admitiram que eu tinha um ponto (então a cena foi aceita).

É por isso que muitos produtores consideraram você como uma "dor no traseiro"?

Com certeza. Ninguém queria fazer Rocky. Ninguém queria que eu o estrelasse. E então ele se tornou bem sucedido e (...) mesmo depois que Rocky ganhou o Oscar, ninguém quis fazer Rocky II. Um diretor sugeriu mesmo uma sequência, onde Rocky sai na Mansão Playboy. Então eu parei, os produtores pararam. E ninguém queria dirigi-lo. Assim o que me restava era escrever o roteiro, filmar e estrelar. Ninguém mais queria fazê-lo. E foi assim que eu comecei a dirigir Rocky II, III e IV.

Não te chateia saber que Mickey Rourke foi indicado ao Oscar por O Lutador (The Wrestler), sendo que o filme é muito parecido com Rocky Balboa (2006)?

Haha! Eu não posso culpar o Mickey. Ele é um ator contratado. (...). Mas Mickey fez um ótimo trabalho nesse filme, assim como no meu próximo filme de ação, The Expendables.

É verdade que Mike Tyson queria ser o seu adversário em Rocky Balboa?

Absolutamente. Originalmente, eu tinha em mente o Roy Jones para o papel. Mas cada vez que ligava para falar com ele, me diziam: "Oh, o Roy não pode falar com você agora (...)". Após o 33º telefonema, Mike Tyson - que ouviu falar sobre o papel - me ligou. Mas eu só tinha a dizer, "Mike, por que você não grita algo no ringue no filme", (...). Mike Tyson teria esmagado o Rocky. Seria ridículo.

Houve alguma luta com muito contato ao filmar as cenas?

Dolph Lundgren e eu (..). Eu lhe dei ordens para me bater enquanto as câmeras estavam rodando. Em um ponto, ele me bateu tão forte que eu senti minha espinha se comprimir. Naquela noite, meu peito começou a inchar e eu tive que ser levado de helicóptero para uma sala de emergência nas proximidades do set. Me disseram que Dolph havia quebrado minhas costelas, comprimindo o meu coração. Se tivesse inchado mais, eu teria morrido. (...)

Não, ele também foi bruto até com o Apollo Creed, o Carl Weathers ficou muito mal?

Estávamos coreografando uma cena de luta entre Carl e Dolph para Rocky IV, em Las Vegas e, de repente Carl diz: "Oh homem, afaste-se. Você está ficando muito perto". Então ele empurrou o Dolph para trás. Assim, Dolph bateu no Carl em um e no outro ombro (...). Carl me olha com horror e pânico. E tudo que eu conseguia pensar é: "Por que as câmeras não estão rodando?". Eu pensei que Carl iria então descarregar em Dolph. "Isso vai ser grande!", pensei. Mas ao invés disso ele gritou: "Certo, eu estou chamando meu agente..."

Certamente um impressionante e novo filme do Rocky envolveria uma reunião entre Rocky e Apollo Creed?

Rocky Balboa foi a última vez. Eu tinha planos de usar imagens do Apollo em Balboa, mas Carl se recusou a deixar-me usar (...). Mesmo na época (do Rocky IV) ele perguntava, "Por que eu tenho que morrer? Por que não posso apenas ficar em coma?". Carl nunca me perdoou por isso (ter matado Apollo). Mas eu tinha minhas próprias preocupações. Com Rocky Balboa, eu estava em causa com o que as pessoas iriam pensar, um Rocky velho lutando foi um passo demasiado longe. Para algumas pessoas, era como ver Al Pacino fazendo o Poderoso Chefão VIII.

Queriam você para estrelar o padrinho (Michael Corleone, de O Poderoso Chefão) em um certo ponto?

Os produtores inicialmente queriam que eu escrevesse, dirigisse e atuasse no papel que foi do Al Pacino, Michael Corleone, em O Poderoso Chefão III. Você consegue imaginar isso? Eu, interpretando Michael Corleone! Por que você não pega uma arma e coloca na minha orelha agora e puxa o gatilho? Teria sido o suicídio da minha carreira. Vocês fizeram duas obras-primas pessoal (referindo-se aos dois filmes anteriores da série). Não façam isso.

Há um boato de que no próximo Rambo você estará combatendo monstros...

Eu estava tentando descobrir qual a zona de guerra iria usar - Rambo foi ao Vietnã, Afeganistão e Burma. Então eu pensei: Bem, o militar começou a mecher com o DNA para aumentar a agressividade do homem moderno, que está um pouco mole. A idéia era: como uma raça que estamos longe de ser, ficaria tão resistente como os soldados romanos. Porém agora estou definindo o filme no México, onde mais de 1.000 mulheres foram mortas por esporte. Eu vi um documentário sobre isso na BBC e pensei: 'Isso seria um tema excelente'.

The Expendables está mais mergulhado em testosterona do que o escritório da FHM. Você, Arnold, Bruce, Dolph, Jet Li, Jason Statham, Mickey Rourke, Steve Austin. O conjunto deve ter cheiro de sovaco...

Rapaz, eram sete homens, cada um batendo, chutando um aos outros, era um cara mais forte do que o outro. Não é brincadeira, tinha dublê implorando por misericórdia (brincou). Acabou que a minha luta com o Steve Austin foi tão cruel que eu acabei saindo com uma fratura no pescoço. Eu não estou brincando. Eu não disse a ninguém sobre isso, mas eu tive que passar por uma operação muito grave depois. Agora eu tenho uma placa de metal no meu pescoço.

Se você e Mickey Rourke tivessem uma briga, quem venceria?

Não tenho certeza, mas ambos sairiam com vários dentes a menos.

FHM
Texto resumido e traduzido com modificações

Feed
Assine o RSS, curta no Facebook ou cadastre seu e-mail para receber as próximas novidades sobre este(s) assunto(s)!