segunda-feira, janeiro 18, 2016

Stallone é indicado ao Oscar por sua atuação em Creed, Nascido Para Lutar

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou na última quinta-feira, 14, a lista dos indicados ao Oscar 2016, e como já era de se esperar, Sylvester Stallone foi indicado na categoria de Melhor Ator Coadjuvante por seu papel de Rocky Balboa em Creed - Nascido Para Lutar. O astro se junta a uma pequena lista de atores, composta por Bing Crosby, Paul Newman, Peter O'Toole, Al Pacino e Cate Blanchett, que receberam indicações ao prêmio por interpretar o mesmo papel em filmes diferentes. Trinta e nove anos depois de concorrer (e não vencer) na categoria de Melhor Ator por Rocky - Um Lutador (o primeiro filme da saga), Sly desta vez chega como o grande favorito a levar o maior prêmio do cinema mundial.

E a notícia foi recebida com surpresa e emoção pelo ator. "Tínhamos voltado da Inglaterra, eu, Michael B. Jordan, Ryan Coogler, Tessa Thompson e Irwin Winkler. O nosso avião aterrisou em Los Angeles ás 3:30 da manhã e quando cheguei em casa não consegui dormir. A notícia da nomeação me pegou de surpresa. Foi tão gratificante poder compartilhar esta grande emoção com as minhas filhas. Normalmente nunca veem os meus filmes. Acho que essas meninas não veem com bons olhos um filme como Rambo. Ao contrário deste filme, Creed... Obrigado ao diretor, Coogler, a música avassaladora, etc. Compreenderam a sua beleza. Este momento com os meus filhos, sabem... não voltará mais. Receber uma indicação quarenta anos depois para o personagem Rocky, é realmente um momento muito especial para mim", disse o astro ao Los Angeles Times.
E ao que tudo indica, Stallone ainda terá emoções maiores pela frente. Analistas e críticos especializados já o consideram como vencedor do Oscar, mesmo sabendo que a Academia tem o hábito de contrariar algumas projeções e favoritismos. Os motivos que levam Sly ao posto de franco favorito são inúmeros, entre eles o fato de já ter ganho 11 prêmios por sua atuação no longa, entre eles o Globo de Ouro, a segunda maior honraria do cinema. Porém, o que fará o astro levar a estatueta no dia 28 de fevereiro para casa é a dívida que Hollywood tem para com ele há 39 anos. Em 1977 quando Peter Finch foi premiado como Melhor Ator por sua atuação em Rede de Intrigas, a Academia foi duramente criticada por sua decisão. Apesar de ser um novato e desconhecido à época, Stallone era considerado apto a levar a estatueta por sua bela atuação. Quase quatro décadas depois, o astro voltou a viver o personagem de uma forma tão espetacular em um filme de belo roteiro, que desta vez o Oscar encontrou uma chance de se retratar com ele. Stallone não receberá seu Oscar por causa de seu trabalho de 40 anos atrás, mas sim pelo conjunto de sua obra que foi finalizada com chave de ouro em Creed. E desta vez Hollywood não esconde sua escolha e nem a contrária com o público. No próximo dia 28 de fevereiro ouviremos a célebre frase "And Oscar goes to... Sylvester Stallone". Aguardem!

Edmundo Falcão

Feed
Assine o RSS, curta no Facebook ou cadastre seu e-mail para receber as próximas novidades sobre este(s) assunto(s)!